quarta-feira, 11 de agosto de 2021

Eu nao posso escrever sobre isso

 Eu costumava pensar que com tempo eu saberia lhe dar com coisas que mexiam tanto comigo, que o que eu não quisesse lhe dar se dissolveria com o tempo, grande pensamento ilusório. O medo é algo que realmente me deixa sem ação e isso me deixa tão mal, mal ao ponto de muitas vezes fazer mal a mim mesmo. Me torturar não é uma escolha inteligente, muito menos saudável e sem perceber acabo fazendo isso, ainda mais quando se trata de alguém específico. 

É tão doloroso te querer por perto e não poder ter, perto fisicamente, poder sentir a tua presença. 

Pensar demais em você vem me encomodando, me sinto mal quando vejo você nos meus sonhos, isso vem me desgastando e não sei porque. Meu sentimento é confuso agora e eu não sei de realmente te amo ou se eu tenho medo de você. Você nunca me fez mal alguma vez, mas eu venho me fazendo mal quando se trata de você e isso me assusta.

Talvez eu esteja magoado, mas magoado comigo e isso não diz respeito a ninguém mais além de mim. Não sei em que momento eu acreditei que de alguma forma poderia sim amar a pessoa que eu sou quando estou/estive com você, onde eu deixei sorrir? Onde e em que momento eu comecei a sentir falta de mim e como você fazia eu me sentir? Eu sinto falta de como você fazia eu me sentir quando estava com você ou de nós dois, eu não sei, realmente eu não sei. Na verdade eu não sabia o que estava sentindo até perceber que a única coisa que eu senti era medo, medo de ser abandonado mais uma vez, de não servir de alguma forma. . .

Eu tive toda atenção que eu queria, eu tive sim, mas eu não tive o que eu precisava, e quando eu tive talvez eu tenha julgado que foi pouco, ou que era algo que não parecia real, por ser bom. Cada momento que estivemos juntos eu me senti em outra dimensão, me sentia como se tudo fosse aquele momento ali, e aquele momento eu me sentia tão bem. Só que não se tratava de você, se tratava de mim, de como eu talvez tenha pensado só em mim e criado algo que logo viria me machucar, e usado você como uma fantasia ou algo que eu tenha adaptado pra me sentir bem naquele momento, talvez o momento onde eu fiquei mais frágil, ou quem sabe o momento que não conseguia sentir mais nada, e não falo de sentimentos, mas sim de sensações.

Eu sei que eu gosto de você, eu sinto isso só que não sei como externar isso. Eu não sei por quanto tempo eu vou precisar de tempo pra mim, pra ficar aqui onde talvez você não tenha acesso, e talvez eu também não vá até você, não porque eu não queria mas porque eu não sei mais o que fazer. Se um dia eu tiver a oportunidade de falar tudo que eu sinto realmente, eu vou falar e independente de como isso será recebido por você eu vou está me livrando de algo que vem me atormentando por anos, algo que deveria me fazer bem. Sinto muito, por mim.

quinta-feira, 22 de julho de 2021

23.07.20

 


É muito louco materializar-se sendo uma idéia, uma fantasia, um desejo e um sonho de alguém... Imagina receber toda a confiança de que você é  deposito da mensagem de alguém. Eu já fui vulgar, eu ja fui menino, eu já fui homem, um cara sexy, um rapaz doce,  um príncipe e um vilão, já fui uma garota, delicado e bruto, fui tudo que precisava naquele momento que precisaram de mim. Fiz parte da construção viva de uma idéia, eu fui a idéia que saiu de um desenho mental de alguém, e passou a existir, eu sou a tela em branco onde vários artistas se expressaram, pela fotografia, por vídeos, por textos e ações... Como eu fiz eu não sei, apenas fui e muitos são amigos, outros viraram amigos que me ensinaram tanto sobre arte, sobre técnica e sobre se expressar. Não é sempre que um artista quer uma tela pequena, então se eu fui util pra um artista, então eu servi. Eu não nasci uma tela, eu me tornei uma e aprendi que eu também poderia me expressar, através de mim mesmo e materializar em mim oque eu gostaria que vissem,minhas idéias, meus pensamentos e sentimentos, minhas emoções, a minha visão de vida, da vida onde eu existo.